segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Que farei, então, de Jesus? (Mt 27:22 RC).


Pilatos era homem de grandes decisões, homem experiente no que se referia a julgamentos. O governador romano coloca seus olhos em Jesus e instantaneamente vê um inocente na sua presença (Mt 27:18 RC). Por que condenar o Cristo? Dentro dele pairava uma grande dúvida. Pilatos viu um homem diferente! Jesus não revidava, se humilhava, nada respondia mostrando sua verdadeira realeza. Ele é inocente Pôncio Pilatos, dizia sua consciência! Ele não é comum!

Pilatos lava suas mãos, solta um criminoso cruel e manda o inocente Rei para a cruz. Menospreza sua própria consciência, experiência e conselho de sua esposa: “Este homem é justo” (Mt 27:19 RC). Por que Pilatos? Por que transigir no que você sabe que è verdadeiro e correto?

-Transigir é tolerar, ceder. “Síndrome de Pilatos”, uma doença que vêm corroendo a igreja de hoje. Pilatos pecou, cedeu ao erro, quis barganhar. A igreja tem cedido a muitos erros, tolerado muitas coisas do mundo. Noel, a arvore de natal, gnomos, guirlanda, presentinhos, comilanças, presépio. O que é o Natal? Em que lugar fica Jesus no nosso Natal, é no presépio?

A noite de Natal deveria ser uma noite de adoração, momento para as famílias e igrejas cristãs deste mundo prostraren-se e agradecerem ao Senhor pelo seu amor, amor este extravagante (Rm 5:8), seu filho nasceu, sofreu e morreu por nós sendo nós ainda pecadores.

A manjedoura e a cruz de Cristo provam conclusivamente que Deus nos ama. E não o faz de forma verbal ou tímida. Deus ama-nos desmesuradamente; extravagantemente. Não se poupa a esforços nem a recursos. Ele deu o Seu Filho. Deu-o para morrer. Nunca se viu tão grande amor.

A “Síndrome de Pilatos” tem destruído muitos bons ministérios por aí. Não se prenda a cargos, posição social e interesses próprios, faça desta simbologia da data de nascimento de Jesus Cristo motivo para mudar completamente sua vida, o Senhor te escolheu para a verdade!

Ele preferiu morrer a viver sem nós! Jesus Cristo foi intransigente, não cedeu quando por você e por mim se entregou nas mãos de seus algozes, nos comprou com seu sangue e ressuscitou para nos justificar.

-Que farei, então, de Jesus neste Natal? A pergunta que não quer calar...

Irmão Nelton

1 comentários:

Elizeu Rodrigues dos Santos disse...

Mano

Vejo que, como a grande maioria religiosa cristã, estais preocupado com natal, páscoa, noel. Somos chamados para perder tempo com tão pouco? Lembre: Jesus diz que se formos fiéis no pouco (natal, pascoa, noel, coca-cola), no muito Ele nos colocará.

A jornada pode parecer curta, e na realidade é. "Trabalhemos enquanto é dia. A noite vem (morte física), quando ninguém pode trabalhar"

Vamos parar de perder tempo com coisas banais ao verdadeiro Evangelho?

Outra coisa Nelton, tomando posse do título do blog, me dê o conceito da cruz de Cristo.

Fica na paz e no amor de Cristo

Elizeu

Postar um comentário

A CRUZ É NOSSA! © 2008 Template by:
SkinCorner